5.10.11

Ás vezes somos apenas "um" na multidão...


...e há dias que isso não é fácil e precisávamos de mais.
Há dias que ninguém consegue perceber o aperto que trazemos no peito.

1 comentário:

Olívia Palito disse...

Como compreendo estas palavras...

Beijo grande Coquinhas. ;)