30.11.15

o Natal.


Nunca gostei muito do Natal. Pelos mais diversos motivos nunca consegui viver a época natalícia em paz. Mas, por outro lado, tive Natais muito felizes. Essa felicidade chegava-me pelas "mãos" da minha Avó e do meu primo. Não só, obviamente, mas eram eles que faziam mesmo a diferença. A minha Avó adorava o Natal. E enquanto escrevo choro a saudade dos passeios com ela pelas ruas enfeitadas da cidade à procura dos presentes ideais. Tenho saudades desses que, apesar de tudo, foram Natais cheios de amor e onde tive o melhor do mundo na minha mão. O ano passado passei o meu primeiro Natal sem a minha Avó, mas o ano passado estava completamente absorvida pela sua perda, pela minha depressão, pelo cansaço e pela saudade. Este ano mais a frio parece-me que me está a custar ainda mais. Depois vi este vídeo e não ajudou nada. Nunca deixei os meus. NUNCA e não o faria por nada. Este será o primeiro Natal em casa da família do meu namorado e talvez seja isso que me está a partir o coração. Gosto muito de todos e estou em casa, mas nunca mais terei a "minha" casa para passar o Natal. Nunca mais terei a minha Avó, e o meu primo, emigrado, muito dificilmente voltará a passar um Natal comigo. E tudo isso me dói no peito, e tudo isso me faz sentir indignada por ainda existirem pessoas capaz de deixar os seus sozinhos, distantes, numa noite de Natal.
Assim como assim, a Árvore está feita (no dia em que fez um ano da morte da minha Avozinha porque, como disse, ela AMAVA o Natal) e em breve os presentes começarão a entrar casa adentro para mimar aqueles que nunca me falham :')

Obrigada a vocês por todas as palavras e carinho nestes dias mais difíceis.

Beijinho

24.11.15

Este dia.


Este dia será sempre duro para mim. Foi há um ano que visitei a minha Avó pela última vez, que fiquei na porta a vê-la falar com as fisioterapeutas, a ouvir o que lhes dizia. Foi um dia difícil este, no ano passado,  para a minha velhinha preferida. Nesse dia fi-la sonhar com a "nossa" praia. Tentei acalmá-la. Nesse dia disse-lhe Adeus para sempre.  E sim, desde esse dia que sufoco com saudades dela.

Desculpem, ultimamente, estar sempre a tocar neste assunto. Mas é tão duro :'(

19.11.15

Há um ano...



...a vida começou a preparar-nos para a separação física que se seguiria. Há um ano, para te mimar, levei o teu gatinho ao hospital para o veres enquanto te levaram de um hospital para outro. Há um ano eu tive fé. Há um ano eu senti que ali era o melhor. Há um ano que me questiono se aquilo foi realmente o melhor.

Há um ano, eu chorei tanto por saber que, entre três hospitais, tu ias para o mais longe...hoje eu acredito mesmo que foi a vida a (tentar) preparar-nos.

Tenho tantas saudades tuas minha doce Avó.

13.11.15

Boa noite



Segunda "discuti" pela primeira vez com a minha sogra. Motivo: Natal. Dia 11 fez um ano que disse à minha Avó tudo o que sentia por ela. Ontem ele preparou-me um jantar romântico. Hoje o pai de uma das minhas melhores amigas foi operado ao pulmão. Amanhã será um dia bom.

Boa noite.

8.11.15

Doce amor.



Há um ano atrás a minha mãe ligou-me e disse que estavas murchita, apática. Eu disse que levava croissants porque sabia melhor que ninguém como os adoravas e como te animavam. Há um ano atrás já nem os croissants te animaram, nem os comeste. Percebi que tudo estava mal. Nesse dia cheguei tarde para lanchar e estive pouco tempo contigo, hoje tenho pena por isso. Nesse dia já nem comeste os meus croissants que comprei com o maior amor do mundo. Há um ano senti que era coisa séria.
Tenho saudades tuas meu amor mais doce, minha doce Avó.

6.11.15

Experimentei e gostei - B(om), B(onito), B(arato)


Esta semana experimentei este batom da essence e gostei bastante. A embalagem é básica, preta com a cor do batom, e quanto ao que promete (longa duração) a mim não me está a desiludir. Gostei bastante da cor, tem uma pigmentação ótima e o preço é delicioso (2,89€).
E pronto, até ao momento estou satisfeita :D

E por aí, há fãs de batons?

3.11.15

Pela primeira vez...


...perdi o cartão do parque de estacionamento onde deixei o carro. Pela brincadeira tive que pagar 15€. Estou FULA.

1.11.15

Novembro


Este será sempre, para mim, um mês triste. Um mês de recordações dolorosas. Um mês duro.Por mim pode passar a correr. Este é o mês em que faz um ano que perdi a minha leoa, a minha Avó, por isso nunca será fácil.
Tanta e tanta saudade.