30.11.15

o Natal.


Nunca gostei muito do Natal. Pelos mais diversos motivos nunca consegui viver a época natalícia em paz. Mas, por outro lado, tive Natais muito felizes. Essa felicidade chegava-me pelas "mãos" da minha Avó e do meu primo. Não só, obviamente, mas eram eles que faziam mesmo a diferença. A minha Avó adorava o Natal. E enquanto escrevo choro a saudade dos passeios com ela pelas ruas enfeitadas da cidade à procura dos presentes ideais. Tenho saudades desses que, apesar de tudo, foram Natais cheios de amor e onde tive o melhor do mundo na minha mão. O ano passado passei o meu primeiro Natal sem a minha Avó, mas o ano passado estava completamente absorvida pela sua perda, pela minha depressão, pelo cansaço e pela saudade. Este ano mais a frio parece-me que me está a custar ainda mais. Depois vi este vídeo e não ajudou nada. Nunca deixei os meus. NUNCA e não o faria por nada. Este será o primeiro Natal em casa da família do meu namorado e talvez seja isso que me está a partir o coração. Gosto muito de todos e estou em casa, mas nunca mais terei a "minha" casa para passar o Natal. Nunca mais terei a minha Avó, e o meu primo, emigrado, muito dificilmente voltará a passar um Natal comigo. E tudo isso me dói no peito, e tudo isso me faz sentir indignada por ainda existirem pessoas capaz de deixar os seus sozinhos, distantes, numa noite de Natal.
Assim como assim, a Árvore está feita (no dia em que fez um ano da morte da minha Avozinha porque, como disse, ela AMAVA o Natal) e em breve os presentes começarão a entrar casa adentro para mimar aqueles que nunca me falham :')

Obrigada a vocês por todas as palavras e carinho nestes dias mais difíceis.

Beijinho

3 comentários:

Rita Dias disse...

Nem quero imaginar quando eu e o meu namorado começarmos a fazer isso :/ é sempre difícil, pelo menos nos primeiros anos habituarmo-nos à ideia que vai haver aquele natal em que não passamos realmente com a nossa família. É sempre um pouco estranho e um hábito difícil de quebrar. Como eu te percebo...força nisso! ;)
Beijinhos*

Já te estou a seguir =) Faz uma visita ao meu blog e espero que gostes do que publico por lá!
http://nuancesbyritadias.blogspot.pt/

♥Cat disse...

Esse video é mesmo de partir o coração!
Espero que te reencontres apesar da falta desse pilar. Sente-a sempre contigo e sorri porque tens boas recordações e porque quando há tanto amor não há separação no coração :)

Maria disse...

o meu avo faleceu dia 23 de Dezembro... durante alguns anos o Natal passou a ser uma época triste mas um dia pensei "o meu avó queria que estivéssemos felizes, todos juntos" :)

Beijinho