31.3.12

Imagem daqui.

Este post é agendado mas TENHO A CERTEZA ABSOLUTA, que a estas horas tou a chamar um monte de nomes ao meu patrão e aos malditos sapatos que ele escolheu para a farda.

Bom Fim-de-semana, gente do meu estaminé :)

Desejos

 Imagem daqui.

 Imagem daqui.

A minha pessoa está a salivar. E não, não estou grávida :)  E por agora vou para a caminha que amanhã é dia de trabalhar cedinho. Logo amanhã que me queria ir a "desgraçar" para o mercado :P

30.3.12

Fim-de-semana antecipado

Imagem daqui.
Pois que hoje já é dia de trabalho.
Vontade-0 Trabalho-1

E neste momento, experimenta-se por aqui o primeiro verniz (português) cliché. Mais cor-de-rosa era impossível :P

28.3.12

Imagem daqui.
Resultou terem estado por aí a fazer figas :) Agora é um passo de cada vez que não quero atirar os foguetes e apanhar as canas. Durante um mês será uma incógnita, depois dou pormenores. Continuem a torcer muito sim?
Imagem daqui.

 Imagem daqui.


Podem fazer figas comigo podem?

27.3.12


Boa tarde, gente do meu estaminé :) Hoje, aproveita-se o sol por esses lados ou o que andam vocês a fazer?
Deixo-vos com esta foto da minha autoria, tirada numa esplanada na Nazaré, nas férias do ano passado. Era um óptimo sítio para estar neste momento. Sonhar não custa.

26.3.12

Hoje chegou uma destas cá a casa

Foto daqui.

E tenho a dizer que não fiquei fã. E segundo o que tenho lido por essa blogosfera fora, a opinião é "geral".

São as hormonas minha gente, as hormonas

Imagem daqui.

Afinal ontem até se revelou um divertido dia de trabalho. Em primeiro lugar não levei sermão nenhum, houve muito trabalhinho (e ainda bem) e para acabar em beleza...
Imaginem um casal de putos um pouco para o azeiteiro. Já está? Muito bem, agora imaginem um provador fechado por cerca de meia hora. Já imaginaram? Agora acrescentem uma respiração ofegante lá dentro. Estão a perceber não estão? Não vou contar a história toda aqui nem o porquê das meninas da loja não terem ido logo lá, não vá alguém ler o blog e perceber logo tudo. Mas se contasse vocês partiam a rir. Ahahah.

Os putos devem ter tido um orgasmo só de se imaginarem num provador, devem ter tido dois pelo facto de terem conseguido algo.

25.3.12

Era bom era ...

Foto daqui.
E o vosso como vai ser? O meu vai passar por ouvir sermão da chefe (fiz asneira :s), dobrar roupa e dobrar e dobrar, e atender clientes, e apanhar seca (provavelmente) e pronto. Valha-me que saio mais cedo para um café com o moço :) Divirtam-se sim?

23.3.12

Sorteio bom :)


Gente do meu estaminé, corram já até aqui  ou aqui e participem neste sorteio para ganharem coisinhas fofinhas :D E pasmem-se, não são obrigadas a seguir nada pelo facebook, uma raridade maravilhosa não é? ^^ Não percam tempo, vão lá.

Uma parte do meu país.


Eu, enquanto jornalista, tenho pena e vergonha disto. 

22.3.12


Imagem daqui.
Podem haver muitas, famosas e ricas e coiso, mas segundo o meu pequeno I. Júnior
"Tu (eu, portanto) és a pipoca mais doce do mundo"

Um dia...

Imagem daqui.
Este pode ser o quarto da minha filha :)
Hoje foi um dia bom. Dia de pijama e brincadeiras com o I. júnior que esteve cá por casa. Solinho apanhado no quintal e festinhas no cão. E no gato que está novamente coxo :( E pronto.

20.3.12

Sê bem-vinda minha doce Primavera

Imagem daqui.

Homebanking, uma simples e eficaz sugestão :)

Foto daqui.

Hoje ouvi no Goucha esta sugestão. Secalhar vocês já a conhecem mas como eu não fazia ideia aqui fica. E ela serve para quê? Para que quando vocês acederem á página online do vosso banco e fizerem as vossas coisinhas a partir daí não sejam vítimas de fraude.
Assim o sr. Barra da Costa diz que é muito fácil:
Ponto nr 1.: Ver se dá para minimizar a página. Se isto não for possível é porque não se trata da verdadeira página do banco.
Ponto nr 2.: Colocar a senha errada. O site do banco indica SEMPRE que a senha é incorrecta, caso isso não aconteça puff (aqui não percebi muito bem, ora se a senha não for a correcta como é que se acede á conta? Assim como assim o sr disse).
Ponto nr 3.: Na parte inferior da página aparece um pequeno cadeado. Se ao colocar o cursor por cima do cadeado for indicado o nome do banco em questão tudo bem, caso isso não aconteça alto e pára o baile.

Espero ter sido útil.

A gerência :)

Porque ele merece um miminho :)


O que te torna diferente é que eu sei que, apesar de todas as nossas vivências tão semelhantes nalguns aspectos menos bons, tu serás o melhor pai que os meus filhos poderão ter. E isso, um dia, vai compensar tudo. Tanto no que me diz respeito a mim, como a ti.  E juntos seremos os pais que os amigos dos nossos filhos vão invejar :) Os melhores, os mais bonitos e os mais Pais.

 Porque, "O que não nos mata, torna-nos mais fortes" <3

19.3.12

A carta que o meu PAI nunca vai ler, digo eu.

Foto daqui.

 Hoje é o teu dia Pai. Quer dizer, dizem que é, para mim é um dia como todos os outros. Hoje sinto inveja de todos os filhos que orgulhosos escrevem algo no facebook para o pai. Eu não tenho muito a dizer, porque tu nunca soubeste ser pai. Desculpa, mas é assim. E sim, atira pedras, eu também não sei ser (tua) filha. Talvez tudo sejam circunstâncias da vida, talvez seja melhor assim. Eu acho que tudo podería ser diferente. Sabes, ninguém o sabe, mas eu por muito dura que seja sinto a tua falta. Eu como todos os filhos gostava de te ter por perto, saber que os meus principios e valores, que os meus momentos de felicidade, que cada pedaço de mim tem um pouco teu. Mas não é assim, nada é assim. Falhaste-me sempre, ou quase, também não quero ser injusta. Eu estive internada e tu não me foste ver, eu tive doente e nunca me tiraste a febre, eu fiz anos e tu esqueceste-te, eu fiz a Benção das Pastas e tu disseste que vinhas e não apareceste, tu até hoje não me deste os parabéns pelo meu curso, tu falhaste o batizado do meu sobrinho e eu senti-o como se fosse de um filho meu, tu deixaste-me com medo de alguns Natais. É tudo isto e muito, muito, mais que não me permitem andar para a frente nem melhorar as coisas.
Mas sabes Pai, eu sinto muito a tua falta. Ás vezes eu queria um abraço teu, eu já percebi que a tua voz me acalma. E isso machuca-me. Eu sei que, no fundo, estamos um para o outro, eu não sou a melhor filha e tu não és o melhor pai. Eu sei que digo que comida nunca te faltará se a precisares, mas que de resto não podes contar comigo. Mas podes, pai, como qualquer pai conta com o filho. E talvez eu não saiba e também possa contar contigo sempre. Cada um no seu canto, é certo. Sei que um dia eu vou sentir mesmo a tua falta, vou ter pena desta relação ou ausência dela e já não vai haver nada a fazer, mas a vida é simplesmente aquilo em que as circunstância a tornam. 
Assim como assim, tu és meu Pai e só por isso eu já te amo.

17.3.12

Foto daqui.

Alguém tem por aí um pouco de ânimo, energia, vontade, inspiração e bom humor? É entregar aqui no estaminé fáxabor :/

Bom dia minha gente :) Tenham um excelente fim-de-semana. Por aqui já se trabalha.

***

Amar é ... #2

Foto da minha autoria.

Passar o dia a dar-lhe miminho porque, ou foi da trovoada que o deixou assustado ou, voltou a ficar mais murchinho :( Dar-lhe colinho porque enquanto dormia apanhou um valente susto, nem sei com o quê. Ver que o sobrinho I. júnior tem ciúmes do gato :) Amar é ter o coração aos pulos com medo de que ele esteja realmente doente :/

16.3.12

Do velho se faz novo :)



Eu adoro blocos, cadernos, agendas, etc. Tenho ali um giro que saiu na seven up mas já tá um caos. Decidi tratar deste (até porque é mais leve para andar na mala). Deram-me na universidade, no banco. Mas não tem grande piada. Eis que se fez luz e foi tão simples como procurar uma imagem no arquivo das revistas Sábado que andam na estante. eheh. E eis o resultado final, que apesar de simples e não muito perfeito, me agrada
bastante :)


(Aquelas coisas que na imagem parecem riscos é tipo neve a cair ^^ Quanto à elaboração colei com cola branca, forrei tudo com fita-cola que era o que havia por casa e atrás mantém-se preto)


Gostaram? :D

Agora notícias do meu bebé gato ^^ A senhora doutora que o tratou muito bem e com muito miminho disse que não lhe parece nada de grave. "Massajou" as pernocas, deu uma pica de anti-inflamatório e o pequeno ficou logo a parecer outro. Agora durante três dias está a tomar um comprimido. Ontem à noite já parecia o MEU gato :) Possivelmente aquilo foi uma mordidela (lembram-se do dia que não dormiu em casa? Tenho para mim que foi aí :/ ) Segunda-Feira voltamos. Levas-me à falência pequeno Z.

15.3.12

 Foto daqui.

"Amo-te Por Todas as Razões e Mais Uma

Por todas as razões e mais uma. Esta é a resposta que costumo dar-te quando me perguntas por que razão te amo. Porque nunca existe apenas uma razão para amar alguém. Porque não pode haver nem há só uma razão para te amar.
Amo-te porque me fascinas e porque me libertas e porque fazes sentir-me bem. E porque me surpreendes e porque me sufocas e porque enches a minha alma de mar e o meu espírito de sol e o meu corpo de fadiga. E porque me confundes e porque me enfureces e porque me iluminas e porque me deslumbras.
Amo-te porque quero amar-te e porque tenho necessidade de te amar e porque amar-te é uma aventura. Amo-te porque sim mas também porque não e, quem sabe, porque talvez. E por todas as razões que sei e pelas que não sei e por aquelas que nunca virei a conhecer. E porque te conheço e porque me conheço. E porque te adivinho. Estas são todas as razões.
Mas há mais uma: porque não pode existir outra como tu."

Joaquim Pessoa, in 'Ano Comum'

Porque se um dia eu falasse com o destino, ou com quem manda nele, e tivesse que escolher alguém para amar, eu continuava a escolher-te a ti. Amo-te H.
Foto da minha autoria.

Este é o meu gato Z. E o Z. está doente. Amanhã vou com ele ao veterinário, mas o meu coração já está nem sei onde de preocupação. Estou a dar-lhe todo o miminho possível para que a dor não seja tão grande. Ele nem se queixa, só quando lhe tocamos na pata (nem coxeia). E eu só espero que esteja tudo bem ou que, pelo menos, não seja nada de grave.
Podem torcer muito pela saúde do meu pequenino? :)

14.3.12

A coquinhas ontem andou por aqui :)









 Fotos da minha autoria. Não as roubem não? É que não tive pachorra para colocar nome em todas :S

Jardim do Lago. Covilhã, cidade neve :)

13.3.12

Quatro anos e meio de ti e de mim e de nós

Foto da minha autoria. Em Óbidos, Vila-Natal.

54 meses.
1656 dias.
39 744 horas.
238 464 minutos.
143 078 400 segundos.

Os momentos mais doces da minha vida. Amo-te, por tanto e tão pouco. Por tudo e por nada.

12.3.12

Precisar, precisar...

...Eu preciso disto. Podem ser estas que são lindas, ou outras. Preciso de calçado para os dias de sol....

Contudo, o que é que eu comprei???



Este casaquinho que é um mimo. Em branco que em vermelho já tenho um. A imagem é so para verem como é atrás. Custava 35€ e qualquer coisa, e baixou para 19,90€ e teve que vir comigo para casa.

Tudo Pull and Bear

O que há para amar em Lisboa?

 Foto da minha autoria

Porque este vídeo mostra um pouco (muito pouco) do que há para amar na Lisboa da minha vida. Porque para mim Lisboa é isso mesmo, vida. Cheia do bem e do mal. Cheia de gente e memórias e histórias. Cheia dos passeios com a Avó e com a Mãe. Cheia daquele cheiro tão seu. Cheia do Coliseu e da Residencial Florecente e do Hotel Almirante. Cheia de Metro e de pontes. Cheia de Rio Tejo.Cheia daquele Cristo Rei. Cheia de barcos laranja e brancos. Cheia de marchas e tradição. Cheia de sonhos. Cheia de família que amo e da qual tenho saudade. Cheia de fado e saudade. Cheia de Amália e de Eusébio. Cheia de Benfica. Cheia da Estação de Santa Apolónia que me acolhe e de mim se despede. Cheia da extinta Feira Popular e do Jardim Zoológico e do Oceanário. Cheia de Eléctrico. Cheia de sol. Cheia de vida, a minha.

10.3.12

Ainda no seguimento do (já passado) Dia da Mulher, esta menina publicou este texto de Rui Zink que achei muito bom. Leiam e divirtam-se, e acenem afirmativamente com a cabeça :D Enquanto isso, eu trabalho.

"Tratam-nos mal, mas querem que as tratemos bem. Apaixonam-se por serial-killers e depois queixam-se de que nem um postalinho. Escrevem que se desunham. Fingem acreditar nas nossas mentiras desde que tenhamos graça a pregá-las. Aceitam-nos e toleram-nos porque se acham superiores. São superiores. Não têm o gene da violência, embora seja melhor não as provocarmos. Perdoam facilmente, mas nunca esquecem. Bebem cicuta ao pequeno-almoço e destilam mel ao jantar. Têm uma capacidade de entrega que até dói. São óptimas mães até que os filhos fazem 10 anos, depois perdem o norte. Pelam-se por jogos eróticos, mas com o sexo já depende. Têm dias. Têm noites. Conseguem ser tão calculistas e maldosas como qualquer homem, só que com muito mais nível. Inventaram o telemóvel ao volante. São corajosas e quando se lhes mete uma coisa na cabeça levam tudo à frente. Fazem-se de parvas porque o seguro morreu de velho e estão muito escaldadas. Fazem-se de inocentes e (milagre!) por esse acto de vontade tornam-semesmo inocentes. Nunca perdem a capacidade de se deslumbrarem. Riem quando estão tristes, choram quando estão felizes. Não compreendem nada. Compreendem tudo. Sabem que o corpo é passageiro. Sabem que na viagem há que tratar bem o passageiro e que o amor é um bom fio condutor. Não são de confiança, mas até amais infiel das mulheres é mais leal que o mais fiel dos homens. São tramadas. Comem-nos as papas na cabeça,mas depois levam-nos a colher à boca. A única coisa em nós que é para elas um mistério é a jantarada de amigos – elas quando jogam é para ganhar. E é tudo. Ah, não, há ainda mais uma coisa. Acreditam no Amor com A grande mas, para nossa sorte, contentam-se com pouco."

Rui Zink, in "Jornal Metro"

9.3.12

Amar é ... #1


Imagem retirada daqui

Lembram-se deste post aqui? As calças comprei-as na semana passada e já andei com elas esta semana. São lindas, vestem bem e pronto, eu gosto. O relógio ia comprá-lo mas como o meu pulso é pequenino não havia UM relógio na loja que eu gostasse e que me ficasse bem.
Ontem, como miminho do Dia da Mulher, o melhor namorado do mundo (o meu , portanto) ofereceu-me o porta-chaves do mocho, com um bilhetinho inventado de uma etiqueta de camisola :) Lindo lindo.

E são estes pequenos gestos que fazem a diferença.

Amo-te :)

Só para mais tarde recordar, ontem fui buscar o meu sobrinho I. júnior ao infantário. Havia "baile" por ser o Dia da Mulher. Eu não sei o que se passou naquele local, o que é certo e verdade é que a criança passou o resto da tarde a dizer "Oh tia, no dia dos homens, as mulheres têm que tratar bem os homens". Quem quiser tentar explicar-lhe que esse dia não existe chegue-se à frente. Eu desisti. Tentei explicar o porque do Dia da Mulher, a história e tal, mas ele acha que não. :D

(Afinal o Dia Internacional do Homem também existe. Um agradecimento ao Anónimo que me deu esta informação, totalmente desconhecida :), fica o registo meninas)

8.3.12

Parabéns, Cof cof...coquinhas :D


E hoje este pedaço da minha vida faz um ano. Tão pequenino e tão cheio de mim. É o que eu queria, uma espécie de diário onde escrevo o que me apetece.

Pensando no que mudou desde o ano que aqui está registado...

- Não acabei a minha tese. Mas passei a ter vida. Se isso me deixa feliz? Não. Se me preocupa? Também não. Como uma amiga minha diz "Nada acontece por acaso".

- Troquei o call center onde recebia relativamente bem por um estágio curricular não remunerado. Quando este acabou não houve lugar para mim. Se me arrependo? Não. Se aconselho estágios curriculares não remunerados? Nunca.

- Fiquei sem o meu golf e comprei o meu primeiro carro.

- Arranjei trabalho numa loja de roupa e fui a mais quatro entrevistas de emprego, salvo erro.

- Passeei um pouco por aí. E estive pela primeira vez com o meu H. boy em Lisboa.

- Julguei ser o meu último ano de tuna e no fundo, a vida que tenho permite-me muito bem continuar por lá.

E muitas coisas poderiam continuar a ser enumeradas aqui. Mas não adianta falar do que aqui já está tão registado. Por isso resta-me agradecer a quem me segue, comenta e visita. A quem torna este cantinho mais especial :D Obrigada.

Para as meninas que por aqui passam, feliz dia da mulher ^^

7.3.12

Memórias da minha infância # 3


Hoje lembrei-me disto não sei porque. Lembro-me de estar no autocarro à conversa com a minha amiga M. da banda e ela falar em ORGASMO. Eu, uma criança inocente, disse-lhe que não sabia o que era, Resposta:

"O orgasmo é o melhor momento de quando estás a fazer sexo. É tão bom que até te esqueces do teu nome".

Ora, confesso que aquilo me intrigou um pouco, porque a questão era: e se não voltar a lembrar-me do nome? Se me esquecer para sempre?
Hoje em dia a questão muda. Hoje questiono-me de quem é que se lembra de nesse momento pensar em como se chama.

Foi confuso não foi? :x Mas fica o registo. E vocês, já se esqueceram do vosso nome hoje? ;D

6.3.12


Sabem o que é isto sabem? Pois bem, a Sofia deu a receita e eu tratei de a fazer. É o belo do bolo de chocolate de micro-ondas. Era suposto ser numa chávena, mas como não tinha foi mesmo nesta taça :)
A receita fica aqui:

1 Ovo pequeno
4 Colheres (sopa) de leite
3 Colheres (sopa) de óleo
2 Colheres (sopa) rasas de chocolate
4 Colheres (sopa) rasas de açucar
4 Colheres (sopa) rasas de farinha
1 Colher (café) rasa de fermento.

Preparação
- Coloque o ovo na caneca e bata bem com um garfo.
- Acrescente o óleo, o açúcar, o leite, o chocolate e bata mais.
- Acrescente a farinha e o fermento e mexa delicadamente até incorpar.
- Coloque 3 minutos no microondas na potência máxima.

Dicas
- A caneca deve ter capacidade de 300ml.
- Pode servir este bolo com coberturas, caldas ou gelado.

Beijinhos docinhos :D