29.11.11

Hoje um pedaço do meu mundo ruiu quando li uma carta. Ainda não se sabe de nada mas o medo e o lado pessimista fala sempre mais alto. Hoje eu sou do tamanho de uma pata de uma formiguinha. Hoje eu sou pequena e impotente. Eu só tive medo assim no dia que vi a minha avó no chão e pensei o pior, mas felizmente essa história acabou bem. Segunda-Feira a minha vida pode mudar para sempre e se essa mudança se se verificar é para pior. E aqui estou eu, com o coração partido, com a alma vazia e sem poder chorar. Porque pior que eu estará a minha Mãe e é por ela que eu tenho que ser forte.
E oxalá que Segunda-Feira possamos respirar de alívio e se assim for serei, sem sombra de dúvida, a pessoa mais feliz do mundo.

Pensamento e energias positivas precisam-se. Gente que Reze por nós também.
:)

28.11.11

Por aqui...


Por aqui comprou-se um BMW Fiat Uno, meuzinho desde dia 24.
Por aqui anda-se na dúvida se se inscreve na Universidade ou não, é que não tando inscrita tenho para mim que a tese nunca mais é "recomeçada".
Por aqui comprou-se roupa ao fim de não sei quanto temo. Gosto tanto da minha camisinha ^^.
Por aqui tem-se jantar de trabalho amanhã :)
Por aqui tem-se actuação da tuna e uma entrevista de emprego hoje. Relativamente à mesma hora.
Por aqui é isto.

23.11.11

Amor é:

"A diferença entre gostar, estar apaixonado e amar é a mesma diferença entre agora, por enquanto e para sempre."

Hoje li algures esta frase. E é isto mesmo o amor. Todas as três fases em cima referidas são boas e importantes, mas amar é aquela que faz a diferença. Amar é saber que é para sempre, seja de que forma for, mas é. Amar é saber que ninguém é perfeito mas mesmo assim querer continuar ao lado desse alguém. Amar é sonhar e saber que esses sonhos um dia vão ser reais, em conjunto. Amar é nunca estar sózinha. Amar é receber críticas, tendo sempre a certeza que essas contribuirão para nos tornar-mos melhores. Amar é respeito. Amar é dignidade. Amar é amizade também. Amar é saber o caminho, e mesmo quando não se sabe saber que se vai aprender. Amar é, acima de tudo, viver e saber que mesmo não havendo mais nada para além daquele amor, só por isso a vida já valeu a pena.

Amo-te, para sempre.

18.11.11

Gente, tornem-se DADORES DE MEDULA ÓSSEA


É preciso tratar-se de um filho de um jogador de futebol para que o país se mova, mas já que as pessoas não respondem às campanhas de sensibilização, ao menos que seja assim. Vamos ajudar, não porque é o filho do Carlos Martins, mas porque é um ser-humano e, acima de tudo, porque é uma criança. Ao tornarem-se dadores de medula óssea podem ajudar o Gustavo que receberia a melhor prenda de anos de todas, mas ajudam também o filho da Maria, a filha do Joaquim, a Patrícia, o André, a prima da Carlota, aquela miúda que apareceu no facebook, aquele puto lá da escola. Aqui não estamos só ajudar o Gustavo, mas estamos a ajudar todos aqueles que sofrem de leucemia, quanto mais não seja estamos a dar-lhes esperança e eu acredito que isso seja meio caminho andado.

Aqui fica o link da campanha, e eu que sou uma possível dadora de Medula Óssea sei que não custa nada.
(Já agora será que me podem esclarecer numa coisa? Eu tornei-me dadora há dois anos, isso perde validade? :X é preciso inscrever-me dentro de algum prazo?)

Por favor ajudem. Não custa, hoje precisam eles amanhã nós. E eu gosto quando o meu país se move como hoje se moveu por boas causas.

E eu espero do fundo do coração que em breve o meu telemóvel toque e me digam que sou compatível com alguém. Hoje é isto.

15.11.11

Dia NÃO


E a recepção já lá vai. E foi traquila e fixe :) Hoje digamos que acordei em dia não, mal-disposta, rabugenta, com dor de cabeça... passei a manha na ronha no sofa e soube bem. Nem ao ensaio da tuna fui. Por falar em tuna, a actuação da Recepção ao Caloiro correu bem e foi das actuações que meu deu mais pica em recepções e posso dizer que já tenho uma dosesita de actuações nestas festas académicas. Esta foi diferente, diverti-me e deu-me pica mesmo :D
Quanto ao resto ando sem nada para contar, sem nada para fazer e sem pachorra :/
Mas pronto, beijinhos e abraços

8.11.11

Modo: Recepção ao Caloiro 2011 :)


Serenata :)


Arraial da Cerveja :D

Por enquanto é isto. Pena não conseguir fotografar os meus sonhos, porque ter o meu orientador de mestrado como ensaiador da minha tuna daría uma bela foto :x LOL. E amanhã é dia de latada. Chorei eu tanto o ano passado, durante três dias seguidos, a pensar que era a última e eu não tinha podido estar com o meu curso e pimba, pelo menos este ano e mais outro haverá festarola, infelzmente é certo, mas o que interessa agora é festa. Vamos a ela :D

6.11.11

Post muiiito lamechas :D


Faz hoje 5 anos que eu fui ao meu primeiro arraial da cerveja. Eu e a D. andavamos sempre juntas para todo o lado. Eu vestia calças de ganga, camisola branca por baixo com uma vermelha por cima. Nem sequer sonhava com o que era um arraial da cerveja.
Estava a dançar com a D. ao fundo do pavilhão e dois rapazes foram meter-se connosco. Ele dançou comigo e eu não gostei nem desgostei. Passou-me um pouco ao lado. Nessa semana várias raparigas se cruzaram com ele e ele pensou que era eu. Não era. Quando finalmente me encontra não lhe ligo puto. Já toda a gente sabe do que falo não já? Foi há precisamente 5 anos que eu o conheci, eu era caloira e foi no meu primeiro arraial da cerveja. Se esse dia mudou a minha vida? Não, ou melhor, eu pensava que não. Até porque não foi um amor à primeira vista. O que é certo e verdade, é que embora ele não me tenha marcado eu lembro-me de todos os momentos pós-primeiro encontro. Estranho, mas real.
Depois deste dia, foi o destino que foi tratando do resto. Um encontro aqui, outro ali, até que deu no que deu. E que bela história daqui resultou, tinha que começar num arraial da cerveja. ahah.
No fundo esse foi o dia que mudou a minha vida. O dia que me apresentou uma das maiores conquista que eu consegui até hoje. Tê-lo comigo é saber que fiz uma escolha acertada e que, aconteça o que acontecer, ele será para a vida.
E hoje, dia de serenata, iremos brindar com uma cerveja...brindaremos ao destino que nos uniu, à vida que nos juntou, à amizade que nos faz ser diferentes, ao amor que nos tornou melhores, ao respeito, à cumplicidade, ao carinho, à formação e a tudo o que, todos os dias, nos junta mais um pouco.

Obrigada destino, obrigada Deus, obrigada Fadas e Duendes que nos juntaram. Obrigada a ti por, sem sabermos, teres passado a fazer parte de mim desde esse dia.

4.11.11

Irmandade


Hoje, ao fim de alguns anos li uma história infantil, uma história que uma colega minha no primeiro ou segundo ano de universidade me emprestou e disse para ler, "Rosa minha irmã Rosa". Só a li hoje, numa tarde e valeu a pena.
Eu que tenho 5 irmãos e sempre soube mais ou menos o que ali está escrito, hoje constatei mais uma vez a importâancia dos irmãos e o que eles são para nós. Quando temos irmãos, temos a certeza que nunca mais estaremos sózinhos na vida. Há coisas que se partilham só com irmãos, infelizmente não sou próxima de todos, mas dos que sou sei k apesar de tudo somos inseparáveis. Cada um tão diferente, todos tão iguais. Une-nos os valores, a educação, e os sentimentos que nutrimos em comum por tanta gente que é a nossa família.
Ter irmãos é ter sempre alguém para nos ouvir, para nos contrariar, para nos chatear, repreender e aprender junto, alguém que sonha os mesmos sonhos que nós, só por esses sonhos serem nossos, alguém que daría a vida por um sorriso nosso.
Ter irmãos é, de facto, nunca estar só. Enquanto eu tiver irmãos eu terei coragem para arriscar, terei quem ria e chore comigo, terei quem de e para mim fale, terei ali sangue do meu sangue em gente tão diferente de mim e, ao mesmo tempo, tão igual.
Enquanto eu tiver irmãos, eu tenho, literalmente, uma mão cheia de vida :D
(Re)Aprendi também que damos valor ás coisas quando (quase) as perdemos.

"Sonhar todos os países onde hei-de ir com ela.E ter mais força para enfrentar os primeiros-ministros aborrecidos que não querem obedecer às minhas ordens. Só porque a partir de agora eu já não estou sózinha, e é bom não estar sózinha nunca mais.
Recordar o amigo que um dia me disse: «Tudo é importante para o equilíbrio da nossa vida.»
Ouvir mais uma vez o ruído do elevador. Desta vez o ruído certo.
Contar os segundo.
Ouvir a campainha.
A chave que se mete na fechadura.
A porta que se abre.
Rosa.
Rosa, minha irmã Rosa." In, Rosa minha irmã Rosa de Alice Vieira.

Para a C., o P., a L., a P., e a pequenina V., minha irmandade.

(Foto: pés dos sobrinhos I.júnior e I. Pequenas prendas que os nossos irmãos nos dão:) )

2.11.11


Farta de enviar curriculus para todo o lado e mais algum. Mas sempre com esperança em respostas, tipo hoje.

@Mosteiro da Batalha, férias 2011

1.11.11


Para comemorar o Dia de Todos os Santos, fica uma imagem do Cristo Rei. Pouco tem havido para contar por aqui :S Hoje, mais um dia normalíssimo, em casa, a olhar para anteontem.
Hoje faría anos um outro tio C. que eu tive mas não conheci, mas um filho que deixou saudade à minha avó e a continua a fazer chorar. O filho que eu sei que ela devería ter vivo e não tem, a vida é mesmo tramada :/
E é tudo.
Bom feriado minha gente