15.8.11

Origens :)


E na cozinha há uvas destas e das verdes, pequeninas, esbranquiçadas da calda, com um ar feio, mas as melhores do mundo. As que me fazem viajar pela terra da minha mãe e pelas saudades da minha avó materna.
As uvas que marcam a minha vida e lhe dão sempre gosto, numa espécie de regresso a casa.

Vou lavar um cacho para me acompanhar na escrita da tese :)

Um doce feriado.

1 comentário:

Sea disse...

Estão cá com um aspecto... adoro uvinhas xD