17.8.11

Parabéns pai...


Ele hoje faz anos. Eu estive mesmo por baixo da casa dele e nem um beijo lhe fui dar. A vida afastou-nos e a mim tornou-me fria o suficiente para não aceitar certas coisas. Liguei-lhe e dei-lhe os parabéns. 15 segundos de conversas se tanto. Ás vezes perco mais tempo com desconhecidos do que a falar com o meu pai. É um facto.

E tudo o que me foi tornando fria, tornou-me também frágil e isso dói-me. Claro que dói. E tenho saudades dele. Claro que tenho.
Mas há coisa que pronto.

De qualquer forma Parabéns Pai.

1 comentário:

Panda disse...

:(
O meu ao telefone não fala quase nada, mas pessoalmente ninguém o cala. LOL

Tu sabes a tua história mas não achas que ficarias mais :D se resolvesses as coisas com ele?
Beijos