10.12.12

Ontem foi dia...

Imagem daqui.

...de arrumar o meu traje académico. Teve muito muito uso, por pertencer a uma tuna feminina, e foi sempe, mas sempre, impecavelmente ostentado. Não houve dia que eu trajasse mal. Não houve dia que eu não me orgulhasse daquele traje. E se eu morresse era aquele traje que eu gostava de vestir (ok, pensamento parvo, mas pronto...). Sempre disse que nunca o emprestaría a ninguém porque ali está a minha história. Guarda tantos momentos maravilhosos que não tive mágoa por arrumá-lo. Possivelmente porque também sei que logo logo virá uma actuação qualquer em que me vão suplicar para ir actuar e eu vou vesti-lo novamente, mas pronto, está arrumadinho. Da mesma forma como eu acho que cada coisa tem o seu tempo, o meu traje também o teve e é esse o motivo pelo qual eu já deixei de ser estudante em Outubro do ano passado e só agora o arrumei. Porque só agora foi tempo de o arrumar.

Sem comentários: