25.1.12

A entrevista correu muito bem, mas isso não serviu de nada. Não me ligaram nem vão ligar, porque era até ontem e a loja abre amanhã, portanto. E isto deitou-me abaixo, mais do que as pessoas pensam. Isto fez-me chorar. Porque acreditei (acho que foi a primeira vez que acreditei mesmo) que o lugar era meu. Porque o queria mesmo. Porque me esforço e sei que o mereço. Reparem que nem é um trabalho na área, é "só" um trabalho para uma loja.
Fui-me abaixo porque sou rapariga de objectivos e planos e com o trabalho que tenho não posso ter nada. Planos? ahah. Com o dinheiro que sobra (sobra???) ao fim do mês? Pois claro. Namoro há quatro anos e é impensável pensar numa vida em conjunto com o namorado. Quero conhecer o mundo e é impossível fazer uma viagem mais cara. Não quero roupa de marca, nem maquilhagem, nem malas, nem computadores, nem telemoveis nem nada disso.
Quero só um trabalho full-time, para poder organizar a minha vida. Isto é pedir muito?

2 comentários:

Anónimo disse...

Tudo leva o seu tempo. É preciso uma boa dose de paciência. Lutar, lutar, lutar e nunca desistir!! As maiores felicidades e tudo tudo de bom. Um sorriso para a "Coquinhas". :))

coquinhas disse...

Ás vezes nem sempre é fácil. Mas como se costuma dizer "para a frente é que é o caminho". Obrigada pelo comentário :D Sorrisos e beijinhos