2.11.13

Já fui...

Imagem daqui.

...ao milho e correu bem. Conversa, conversa e mais conversa. Um entrecosto maravilhoso com batata à murro. Hmmm. Pão com geleia e com marmelada. E só isto já me faz esquecer que estive lá, realmente, a trabalhar eheh. Passou-se mesmo bem.
Agora dá-me a sensação que estou a ficar doentita :/ ora calor, ora frio, uma impressão na garganta. Buh. Detesto. Junto a este mal-estar o facto de andar murchita. Ando em fase de adaptações, ao novo trabalho, aos horários do namorado que trabalha a tempo inteiro e voltou à universidade (algo que me deixou muito muito feliz, como é óbvio), o facto de a partir de agora nunca termos folgas juntos (isto mói-me mesmo a mioleira). E pronto. Acrescento ainda o facto de estar farta de viver em casa da mãe e da avó* e dá tudo um regabofe nesta cabeça.

* Isto não é por motivo nenhum. Mas nunca estive fora de casa (estudei na minha cidade) e quero e preciso crescer. Quero ter as minhas coisas, a minha casa, as minhas responsabilidades. Quero ter a minha vida com ele. E eu quero tanto, mas tanto isso que acabo por andar mais farta de estar aqui em casa.

2 comentários:

S* disse...

Oh, isso parece ter sido tempo bem passado!

L. das horas disse...

Acho normalíssimo acontecer isso! Não me imagino ainda a viver com os meus pais, na verdade, aos 17 mudei de cidade quando fui para a universidade. E nunca mais voltei de vez.Vai pensando nisso, vai ponderando, vai vendo casas. Até decidires :)