17.4.11

Diário da minha tese # 1


Ahahah. Agora é que me lembrei disto do diário :x
Acho que hoje tive um mau acordar. E a única coisa que me ocorre é pensar se esta tese vai compensar tudo o que tenho vindo a perder com ela. E a primeira resposta que me ocorre é NÃO. Eu não sei se esta tese me vai garantir emprego, se me vai fazer saber coisas mais interesse, e nem sequer me está a dar prazer faze-la. O que é certo e verdade é que com ela estou a perder alguns prazeres do dia-a-dia. E dou por mim no ginásio, ou quando me preparo para ir jantar fora, p. ex., a ter um sentimento brutal de culpa por nao estar a fazer o que devia. Mas quando tenho tudo a minha frente para a fazer não tenho vontade.
Depois as pessoas falam comigo assim: "ola, tas boa? entao e a tese? tens muitas páginas? tens a parte prática feita?" epah, não me chateiem. Perguntem só: "olá, estas boa?". Chega.

Cada dia tenho menos vontade de a fazer, porque como disse não sei se o que ela me virá a dar, compensará o que estou a perder.

2 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Vale sempre a pena, vai ver que sim :))

Lita disse...

conheço bem esse sentimento! tenho a minha tese à perna (e paradissima) há três anos! A minha orientadora vai-me mordendo os calos... mas a minha vontade é ZERO... até fico angustiada quando penso naquela desgraçada.

Força para ti!