10.4.11

Memórias da minha infância # 2


A minha segunda memória tem um gostinho especial. Esta semana não sei porque acho que não será muito boa, maldita tpm que me estas a azucrinar a vidinha este mês irra :S e então tinha que ser uma memória como esta.
Eu tenho um primo realmente especial que amo com todo o meu coração, é o primo F. É mais velho que eu onze anos e foi durante muito tempo um ídolo para mim, ou talvez ainda o seja. Foi e será a vida toda muito especial para mim, pela pessoa que é, pelo que tem feito sempre, e por gostar de mim como gosta. Assim lembrei-me que quando era uma pirralhita a minha mãe fazia bolinhos para fora. Os bolos de cenoura eram o grande sucesso. Lembro-me perfeitamente como se tivesse sido hoje à tarde de um dia em que estavamos sentados no muro a comer cenouras (era um hábito comermos as cenourinhas cruas), e aquelas cenouras por dentro eram escuras, acastanhadas. Eu, para variar, devo ter começado a refilar e eis que o meu primão decidiu dizer que eram cenouras com chocolate. Ele não teve que repetir, disse uma vez e eu acreditei. Era assim com o meu primo, ele dizia e eu acreditava verdadeiramente. Mas engraçado mesmo é que ainda hoje eu sei que aquela cenoura me soube realmente a chocolate. Lembro-me mesmo, como se tivesse sido hoje à tarde.
E hoje eu não queria uma cenoura de chocolate, queria o meu primo mais perto de mim. Para sentarmos no muro e fazer guerras como dois putos.

Boa semana :)*

4 comentários:

S* disse...

Oh... ingenuidade. Tão bonito :)

Blue star disse...

Que fofo
Essas memórias valem bem a pena
=)
* * *

Rita disse...

As memórias de infância são tão boas :)

Cacarol disse...

Cacarolinha já publicou a lista de livros que tem que ler!Obrigada pela/s tua/s sugestão/ões~~~~